7 de ago de 2010

[Desenhos/Nostalgia] Os Desenhos que me "Criaram"


Eu fico triste quando coloco no Discovery Kids, no Disney XD ou até no próprio Cartoon Network – citando só os canais de desenho que minha TV por assinatura tem – e vejo os desenhos que passam hoje em dia. O Cartoon até que se salva, mas o Discovery Kids... Como as crianças gostam daquilo? Não sei se o problema sou eu que estou velho demais pra ver essas coisas ou se meu gosto que é apurado demais, porque cresci vendo desenhos que, em minha opinião, tem qualidade muito superior do que esses que passam hoje em dia.

Até meus 5 anos eu morei em Boa Vista – RR e, bem, basta dizer que quando eu nasci, lá ainda era Território Federal, nem Estado era. Some a isso a inexistência de TV a cabo e internet e você perceberá que as condições pra ver desenhos eram meio complicadas. Mas existiam locadoras e em último caso podia-se comprar uma fita VHS. Porém, a malandragem já existia naquela época e eu tinha várias fitas gravadas, além claro de algumas originais. Tenho até hoje uma fita com alguns desenhos da série Silly Symphony que eu adoro e que de vez em quando bate a nostalgia e eu vejo (sim, eu ainda tenho um VHS, sou antiquado, mas hoje em dia vejo num DVD que eu gravei com a maioria desses desenhos que eu via quando pequeno).


Silly Symphony por sinal, pra mim, é uma das melhores séries de desenhos que existe. Tem clássicos absolutos como “O Velho Moinho” (The Old Mill, 1937), “Flores e Árvores” (Flowers & Trees, 1932), “O Patinho Feio” (The Ugly Duckling, 1939), “Os Três Porquinhos” (The Three Little Pigs, 1933) e mais uma dezena. Na fita que eu falei tinham dois deles: “A Oficina do Papai Noel” (Santa's Workshop, 1932), “A Noite Antes do Natal” (The Night Before Christmas, 1933), e outro desenho também da Disney que a completava, “Era uma vez no Inverno” (Once Upon a Wintertime, 1948).


O que eu acho mais incrível nessa série é o fato de não haver diálogos. Toda a emoção e os sentimentos estão no próprio desenho, na maneira como ele é animado e na incrível trilha sonora que o acompanha. São desenhos simples, mas que conseguem emocionar e que hoje em dia eu ainda consigo assistir sem achar infantis demais.

Além dos desenhos da Silly Symphony minha infância foi regada aos filmes da própria Disney. V e revi milhões de vezes os clássicos como Branca de Neve e os Sete Anões, A Bela e a Fera, Fantasia, Dumbo (que diz minha mãe eu chorei quando vi com 4 anos), Bernardo e Bianca, Alice no País das Maravilhas e a cada vez a emoção era a mesma. Também da Disney adorava “A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça” que devo ter visto umas mil vezes e que é um dos grandes responsáveis pelo meu gosto pelo terror.


Via também outras coisas além dos desenhos da Disney, como, por exemplo, Beany e Cecil, que se eu não tivesse a fita ainda eu diria que era mentira porque nunca conheci ninguém que tenha visto também, "As Crianças do Sapato" (The Kids in the Shoe, 1935) , uma animação curta onde um monte de crianças vive numa bota e são verdadeiros capetinhas, e várias outros, mas esses foram os que mais me marcaram. Claro que depois vieram He-Man, Cavaleiros do Zodíaco, Caverna do Dragão, mas esses eu já era um pouco mais velho. Os que praticamente me “criaram” foram esses que citei. Sinto falta e até pena de grande parte das crianças de hoje em dia não ter acesso a eles.


Lista dos Desenhos da Silly Symphony pra ver no Youtube:

1929 - The Skeleton Dance
1929 - El Terrible Toreador
1929 - Springtime
1929 - Hell's Bells
1929 - The Merry Dwarfs
1930 - Summer
1930 - Autumn
1930 - Cannibal Capers
1930 - Frolicking Fish
1930 - Arctic Antics
1930 - Midnight in a Toy Shop
1930 - Night
1930 - Monkey Melodies
1930 - Winter
1930 - Playful Pan
1931 - Birds of a Feather
1931 - Mother Goose Melodies
1931 - The China Plate
1931 - The Busy Beavers
1931 - The Cat's Out
1931 - Egyptian Melodies
1931 - The Clock Store
1931 - The Spider and the Fly
1931 - The Fox Hunt
1931 - The Ugly Duckling
1932 - The Bird Store
1932 - The Bears and the Bees
1932 - Just Dogs
1932 - Flowers and Trees
1932 - King Neptune
1932 - Bugs in Love
1932 - Babes in the Woods
1932 - Santa's Workshop
1933 - Birds in the Spring
1933 - Father Noah's Ark
1933 - The Three Little Pigs
1933 - Old King Cole
1933 - Lullaby Land
1933 - The Pied Piper
1933 - The Night Before Christmas
1934 - The China Shop
1934 - The Grasshopper and the Ants
1934 - Funny Little Bunnies
1934 - The Big Bad Wolf
1934 - The Wise Little Hen
1934 - The Flying Mouse
1934 - Peculiar Penguins
1934 - The Goddess of Spring
1935 - The Tortoise and the Hare
1935 - The Golden Touch
1935 - The Robber Kitten
1935 - Water Babies
1935 - The Cookie Carnival
1935 - Who Killed Cock Robin?
1935 - Music Land
1935 - Three Orphan Kittens
1935 - Cock o' the Walk
1935 - Broken Toys
1936 - Elmer Elephant
1936 - Three Little Wolves
1936 - Toby Tortoise Returns
1936 - Three Blind Mousketeers
1936 - The Country Cousin
1936 - Mother Pluto
1936 - More Kittens
1937 - Woodland Café
1937 - Little Hiawatha
1937 - The Old Mill
1938 - Moth and the Flame
1938 - Wynken, Blynken, and Nod
1938 - Farmyard Symphony
1938 - Merbabies
1938 - Mother Goose Goes Hollywood
1938 - The Practical Pig
1939 - The Ugly Duckling

Um comentário:

  1. Concordo com vc em se perguntar como as crianças de hoje conseguem ter paciência com esses desenhos horríveis. Eu não vi esses que vc citou, mas fui criada vendo Pernalonga, Pica-Pau, Tom e Jerry, os desenhos da Hanna-Barbera, enfim, todos aqueles que um dia o Cartoon já passou em sua Hora Acme pelas madrugadas, ai que saudades!!!

    ResponderExcluir