26 de jan de 2010

[Jogos/Nostalgia] Dos 8 aos 128-bits - Parte 1 (Master System)


Não lembro bem quantos anos eu tinha, mas acredito que deveria ser uns 8 quando eu ganhei o meu primeiro vídeo-game, um Master System Super Compact. Até então se eu quisesse jogar algo tinha que ir à casa de algum amigo. Como já falei num post anterior, no meu prédio não havia muitas crianças nessa época, e as que tinha eram bem mais velhas do que eu, então o jeito era ir no prédio vizinho. Nessa idade eu era tão tímido que não sei como não tinha um infarto toda vez que ia lá, porque meu coração disparava, ficava suando e levava uns minutos pra tocar a campainha. Quando abria a porta minha voz quase não saía e a mãe desse meu amigo praticamente deduzia o que eu queria e me colocava pra dentro. Esse meu amigo tinha um Mega Drive e a gente praticamente só jogava FIFA, que por sinal nunca gostei muito, talvez porque FIFA sempre me roubou.

Nessa época chegou ao meu prédio um garoto da minha idade e ele também tinha um mega drive, então ficava mais fácil jogar porque ele além de estar no meu prédio morava no mesmo andar que eu, então era mais fácil e prático ir pra lá. Ele também tinha FIFA e foi lá que eu fui roubado pela primeira vez. Certo dia estava empatando um jogo e os minutos finais estavam chegando. Consegui chegar perto do gol e chutei, pra meu azar o goleiro pulou e pegou a bola, porém ele mesmo caído saiu deslizando, deslizou e passou pela linha do gol e saiu atravessando a rede. Gritei gol. Pra minha surpresa e estranheza não foi gol, nem sequer um escanteio já que o goleiro saiu com bola e tudo, foi simplesmente tiro de meta. Pra compensar, num outro dia dominei a bola no peito no meio de campo, mas estranhamente ela disparou pra dentro do gol e entrou como se eu tivesse chutado.


Mas como eu falei no começo do post, um dia, salvo me engano no meu aniversário, ganhei meu primeiro vídeo game, um Master System Super Compact que entreteu meus dias por algum tempo. Além de Sonic que vinha na memória não tive muitos jogos. BasketBall Nightmare, um de ninja que eu não lembro o nome e que eu não passava da primeira fase Shadow Dancer e tinha o meu preferido que era o Jurassic Park. Esse era fodástico dentro das limitações do Master System. Mas como a locadora que fica aqui atrás de casa sempre tinha jogos o meu Master nunca teve muita folga.


Porém, o meu Master tinha um problema, ele era um "Super Compact". Esse console na teoria ele era sem fio, porém a minha TV era tão velha que não pegava, então eu tinha que ligar os fios. Mas como os botões do controle ficavam no próprio vídeo game e eu tenho um irmão menor e pais que sempre preferiam passar pela frente da TV do que por trás de mim ele levou algumas quedas quando tropeçavam nos fios. E foi numa queda dessas que ele se foi pra sempre. Mas logo eu ganharia o vídeo game que mais me marcou e que eu mais gostei, o Super Nintendo.

Continua...

2 comentários:

  1. O super nintendo também foi o que mais marcou minha infância/adolecência. Com ctz foi o console que mais horas de lazer me deu.

    Cheguei a ter um nintendo 64, mas ñ tinha mtos jogos bons. Nem se comparava com o playstation com Diablo, Resident, Winning Eleven etc...

    E timidez e falta de colegas pra jogar tb me afligia xD

    ResponderExcluir
  2. show esse blog, a foto la em cima com varios games e otima.....valeu

    ResponderExcluir